Vanessa Barcelos


Posts autor
Eventos Música Notícias Onimusic

Música & Essência – Spotify

setembro 19, 2019
Imagem

Na tarde e noite de ontem (18), aconteceu em São Paulo/SP na “Casa das Caldeiras”, o primeiro evento do Spotify no Brasil totalmente dedicado ao segmento Gospel. O “Música & Essência” contou com a presença de  gravadoras, agregadoras de conteúdo, distribuidoras e artistas vinculados a algum desses segmentos. 

EVENTO

Com mais de 200 pessoas presentes, o clima que antecedeu as palestras era de unidade e reencontros, trazendo uma leveza para as informações técnicas que viriam logo em seguida. 

Segundo Nelson Tristão, “o evento é um marco histórico para a música gospel nas plataformas de streaming”. 

O time do Spotify, que contou com Roberta Pate, Javier Piñol, Carol Alzuguir, Ingrid Esser e Eliton Nascimento, apresentou informações importantes sobre o funcionamento do Spotify, bem como os números já alcançados no Brasil e no mundo. Em seguida, houve um workshop apresentando a ferramenta de podcast dentro do Spotify, com dicas importantes de como utilizá-la. Logo depois, foi ministrado o workshop “Aula Spotify”, onde foi ensinado o passo-a-passo de como o artista pode maximizar sua audiência na plataforma, desde o planejamento do seu lançamento até a análise final de seus resultados. 

ONIMUSIC PRESENTE 

Fechando as palestras, houve um painel com a participação de Nelson Tristão representando a Onimusic e mais quatro representantes de outras gravadoras e agregadoras, onde cada um respondeu uma pergunta feita por Eliton Nascimento, coordenador do gênero gospel no Spotify.

O time da Onimusic marcou presença com Nelson e Christie Tristão e mais de 50 pessoas entre artistas do selo e suas equipes. Para acompanhar as publicações feitas pelos artistas, acesse as redes sociais ou entre pela hashtag #GospelNoSpotify.  

Lançamento Música Notícias Onimusic

PG – Lançamentos

agosto 30, 2019
Imagem
Três canções do álbum “Eternidade” ganham videoclipe e PG já se prepara para o primeiro lançamento

 

Nos dias 01 e 02 de agosto, PG se reuniu com sua banda e equipe em São Paulo, na cidade de Limeira, para dar início às gravações dos clipes de “Vem Queimar”, “Find My Way” e “Tua Graça”, que contaram com o olhar do diretor de vídeo Adilson Borges. As canções fazem parte do álbum “Eternidade” lançado em abril deste ano nas plataformas digitais. 

Para dar início aos lançamentos, a canção “Tua Graça” já tem data marcada para ser liberada no canal do youtube. 

Vem Queimar 

Gravado ao vivo na noite do primeiro dia, no evento “Show Beneficente” realizado no Espaço Toca, a canção “Vem Queimar” contou com mais de 200 pessoas presentes no local, reunindo mais de 150 litros de leites doados para os institutos “Núcleo de Valorização Humana Nova Vida”, “CAMPL- Patrulha” e “Espaço Vida”. 

 “Vem Queimar” é uma versão da canção “Seta Fire” da banda americana “Building 429”. 

“Essa música falou muito comigo há um tempo atrás, ela já até era para ter sido lançada em 2015 no meu CD “S.E.T.E”, acabou não dando certo e eu acabei fazendo a gravação nesse novo álbum “Eternidade”. 

Find My Way

Gravado na manhã do primeiro dia (01/08) e na tarde do segundo dia (02/08) a canção Find My Way é autoral, e irá trazer a sua história de conversão, onde o clipe irá se passar no final da década de 80 e início de 90 até os dias atuais. 

Tua Graça

Aproveitando o fim de tarde do primeiro dia, a canção “Tua Graça” foi gravada no Horto Florestal de Limeira/SP. 

“Procuramos explorar a luz do sol, aquele sol mais do fim da tarde até o seu se pôr, a luz mais quente, mais amarela para que nós pudéssemos mostrar através da criação de Deus, da natureza, a Graça do Pai. Nós temos também a banda tocando e várias imagens aéreas, explorando os elementos da fotografia e muito mais”, relatou PG sobre o processo de gravação.   

O álbum “Eternidade” já tem um clipe lançado intitulado “Adorai Somente a Deus” e o próximo lançamento está marcado para o dia 03 de setembro. Para acompanhar todos os processos e novidades, siga PG em suas redes sociais e canal do Youtube.

Lançamento Música Notícias Onimusic

Isaias Saad – Apocalipse 4

agosto 27, 2019
Imagem
  Isaias Saad : “Sei que essa canção vai levar muita gente ao Lugar onde o Senhor habita.”

Gravada na noite do dia 5 de junho na Igreja Bola de Neve em São Paulo/SP, a canção, que foi inspirada na passagem bíblica de Apocalipse 4, traz uma mensagem da eternidade, repleta de adoração e louvor.  

Em suas redes sociais, Isaías falou sobre esse processo de entendimento da canção: 

No livro de apocalipse vemos como os anjos adoram ao Senhor. Eles fazem isso dia e noite sem cessar. Agora mesmo, enquanto você lê esse texto os anjos estão adorando e contemplando a beleza de Deus. Há tanta beleza em Deus que eles não se cansam de olhar. Quando eles veem algo novo em Deus eles cantam e depois cantam e depois cantam…E depois cantam novamente em adoração a Ele. A visão que João teve é simplesmente fascinante. Anjos diante do trono de Deus contemplando aspectos da sua beleza que nós desejamos conhecer. Nosso clamor hoje é para que os nossos olhos sejam abertos para contemplar a glória de Deus. Ainda sem vermos tudo, nós nos colocamos em um lugar de fé e buscamos por encontros poderosos em nossos dias.

“Apocalipse 4” é o segundo lançamento do DVD de Isaías, que teve a direção de vídeo comandado por Flauzilino Júnior e toda sua equipe, além de Hananiel Eduardo na produção musical. O projeto que é composto por 6 canções inéditas e autorais conta com as participações de Gabriela Rocha, Luma Elpidio, Isadora Pompeo e Ludi no backing vocal. 

Enquanto Isaías não libera as próximas datas de lançamento, assista ao videoclipe de “Apocalipse 4”:

Lançamento Música Onimusic

Gabriela Rocha – Leão

agosto 26, 2019
Imagem

Gravada em fevereiro de 2019, no estúdio 811 em São Paulo, “Leão” é o 6º lançamento do EP de Gabriela Rocha, que contou com o toque conceitual do diretor de vídeo Flauzilino Júnior.

Em seu perfil do instagram, Gabriela falou sobre a canção, relatando sua experiência e sentimento com “Leão”:

“Estou muito feliz! Leão é uma música que representa um novo momento na minha vida e no meu relacionamento com Jesus e principalmente com o Espírito Santo. Foi Ele que me guiou e me direcionou a escrever essa canção. Ela fala muito sobre como Ele é grande, forte e o quanto o nosso Deus é imbatível!” 

A canção já está disponível em todas as plataformas digitais e no canal do youtube da cantora. Confira! 

Link: 

Música Notícias Onimusic

Tatiane Lina – Composição

agosto 21, 2019
Imagem
Tatiane Lina fala sobre composição musical e deixa um recado para você 

No dia 18 de agosto, em um domingo a tarde, Tatiane Lina publicou em seu instagram uma foto onde ela estava em sua sala de casa, sentada sobre o tapete cor cinza, com o violão em mãos, um caderno e uma bíblia. Havia mais elementos na foto, mas sem dúvidas esses detalhes eram os principais. Sua Legenda era: “musicando com Ele e para Ele!”

Logo depois desse registro, iniciamos uma conversa com Tati sobre o tema “Composição”. Quer saber o que ela nos contou? Continue lendo e anote todas as dicas: 

Tati, nos fale um pouco sobre “composição”.

Antes de toda composição vem a inspiração, somente 1 nos inspira: um único Deus, que é trino mas é único. Nosso amado Deus fala de muitas maneiras e se prestarmos atenção, Ele fala conosco o tempo todo e em tudo. Em situações às vezes totalmente improváveis, Deus faz surgir a essência de uma canção, uma ideia, às vezes uma única palavra, um tema, uma melodia…

Para uma pessoa que pensa em compor, mas ainda não deu esse passo, o que você aconselha? 

  1. Aconselho andar sempre com uma forma de registrar as ideias, não caia no erro de deixar para depois, porque é bem provável que você se esqueça. Muitas vezes este é o ponto de partida para uma composição, só que o lugar de construção de estruturar é no lugar secreto, um momento entre você e Deus. Tem pessoas que também compõe com outras, mas sem dúvidas essas pessoas não conseguem desenvolver nada em locais barulhentos e conturbados. O ambiente faz toda diferença, o lugar secreto não é um lugar físico, é um lugar de intimidade com Deus, que você pode ouvir a Deus sem interrupções e interferências. Sua única influência tem que ser o Espírito Santo.

  2. Outro conselho que eu dou é não ter outras composições e até mesmo melodias já criadas como seu ponto de partida. Você precisa deixar fluir de você algo verdadeiro, algo original. Não compare a sua composição com a de outras pessoas. Se permita ser o que vai revelar o novo, sendo na composição da letra ou da melodia da música. O importante é que a canção sempre esteja em concordância com a palavra de Deus, se você lê a bíblia e tem uma vida dedicada ao reino, vai cantar a Bíblia sem ao menos perceber. independente da composição ser congregacional ou não ela tem que mirar para um único lugar. A canção precisa levar as pessoas para mais perto de Deus. 

  3. Outra coisa importante que certamente vai facilitar transmitir a essência da mensagem da música é a melodia. Ela precisa acompanhar a letra. As duas andam juntas e precisam passar a mesma mensagem, caso contrário não será bem sucedida em sua finalidade (missão). 

Sobre o dia desse registro, onde você estava compondo, nos fale mais sobre. 

O dia da foto, uma coisa que eu aprecio é a solitude. São os meus momentos de composição, momentos que pego as ideias, as palavras e as experiências que Deus me dá no dia a dia e transformo em canções. Nunca registrei esses momentos com fotos, mas aquele dia quis registrar e guardar como lembrança!

As pessoas precisam aprender a transformar solidão em solitude, solidão remete a dor, abandono. Já a solitude remete ao prazer de estar sozinho, é como uma oportunidade de autoconhecimento, de renovo e intimidade com Deus. 

Sabe, aprendi que Deus fala conosco na igreja, no culto, e Ele derrama bênçãos quando estamos em unidade buscando a Ele. Mas existe algo muito específico na intimidade, nos momentos que como a palavra diz, que fechamos a porta do nosso quarto e o buscamos em secreto. Creio que existe uma unção específica e uma revelação diferenciada para os que buscam a Deus em secreto também. 

Qual mensagem você deixa para aqueles que querem compor? 

Meu desejo é que você desfrute do Senhor, e que você componha lindas canções, escreva livros, poesias, pregações… libere de forma original e única o que Ele colocou em você. Por mais que já exista muitas canções bem compostas, Deus colocou algo para ser transmitido através de você que ninguém poderá fazer como você pode, pois você é único(a)!

Música Notícias Onimusic

Diante do Trono – A Sua Voz

agosto 20, 2019
Imagem
O single “A Sua Voz” é o segundo lançamento do 19º álbum do Ministério de Louvor Diante do Trono, intitulado “Outra Vez”

 

Gravado ao vivo no dia 19 de abril de 2019, durante o Congresso DT – Equipando os Santos, na Igreja Batista da Lagoinha em Belo Horizonte/MG, “A Sua Voz” é uma canção autoral de Ana Paula Valadão. O single é o segundo lançamento do álbum intitulado “Outra Vez” que contou mais uma vez com a direção de vídeo do diretor Alex Passos, que surpreendeu a todos ao trazer para o clipe novos ângulos da tão querida igreja, onde o ministério Diante do Trono nasceu nos anos 90. 

Com uma letra profunda e emocionante, a canção foi definida por Ana como a essência do projeto, fruto de 3 anos de desconstrução e reconstrução da sua identidade e originalidade. “Esse é o diante do trono raiz, inspirando originalidade fazendo lembrar de momentos inesquecíveis e abençoados dos álbuns Exaltando e Águas Purificadoras”, relatou  Fábio Gomes, seguidor do ministério desde 1999. 

A canção já está liberada em todas as plataformas digitais e no canal do Youtube. O álbum ainda não tem previsão para lançamento completo

Assista ao clipe: 

Lançamento Música Notícias Onimusic

Gabriel Guedes – Vitorioso És

julho 30, 2019
Imagem
Gabriel Guedes lança canção gravada em sua igreja local 

Vitorioso És foi gravada na Igreja Evangélica Corpus Christ, em Guarulhos/SP, na noite de 5 de maio. Com cerca de 200 pessoas presentes no local, a gravação aconteceu durante o culto de domingo, em um ambiente totalmente familiar para Gabriel. 

Sem deixar o seu teclado de fora, o clipe, dirigido por Flauzilino Júnior e toda sua equipe do FJR Crew, traz um conceito diferente dos últimos lançamentos. Mergulhando nos tons quentes, as luzes se fecham no vermelho terra que apresenta uma sensação de intensidade e energia. “A minha primeira sensação foi me lembrar da nossa liberdade obtida por meio do sangue de Jesus. A cor vermelha me levou a esse pensamento, que só Jesus é poderoso e Ele é o único que venceu a morte e por amor a cada um de nós”, relatou Pablo Amâncio que assistiu o clipe ainda em sua estréia. 

A canção, muito conhecida no brasil, faz parte do álbum Victory da Bethel Music e  originalmente se chama “Victory Is Your”. Além de “Vitorioso És”, Gabriel irá lançar mais 2 canções do projeto como single separados, uma autoral e uma releitura de uma canção antiga. As datas para lançamento ainda não foram divulgadas. 

Confira a entrevista realizada com Gabriel Guedes sobre seu novo single: 

Nos conte o porquê você escolheu a canção “Victory” da Bethel para fazer uma versão.

Eu conheci essa música em janeiro deste ano, até antes do álbum ser lançado inteiro, e desde que eu ouvi foi amor à primeira vista. Gostei demais dessa canção e até tive acesso a outras canções do repertório mas essa realmente foi muito especial e eu sabia que Deus tinha algo para fazer através dela. 

A gente vem trabalhando nela desde lá e às vezes as pessoas pensam que – a, conheceu a música ontem, gravou hoje e vai lançar amanhã – mas estamos no processo de trabalho para fazer a letra e aprovação desde de janeiro deste anos que foi quando eu a conheci.

Como era, para você, o clima na hora da gravação da canção?

Era um clima muito tranquilo e familiar por dois motivos: o primeiro era porque eu estava em casa, ministrando na minha igreja local, em um culto de domingo que estou sempre presente com minha família e o segundo era porque eu estava tocando com minha banda que me acompanha na estrada. Eu estava muito em casa e com minha família graças a Deus!

É notório que você gosta muito de um coral e sempre insere esse diferencial em suas canções. Nos fale mais sobre isso.

Desde sempre foi assim: meus tios, por parte de mãe, sempre se juntavam para cantar e usavam técnica de divisão de voz, algo muito voltado para essa questão vocal mesmo e eu sempre gostei disso e fui muito influenciado por isso. Com toda essa base, eu passei a ouvir muita música de coral e black music, e então isso se tornou algo natural pra mim, que eu ouço e quando tenho a oportunidade de fazer algo assim, lançar alguma música nova, eu gosto de ir por esse caminho. Eu, inclusive, sou líder do coral da minha igreja, faço divisão de vozes e enfim, cuido de toda essa parte, graças a Deus.

O que você espera que essa canção cause no Brasil?

Eu espero que a “Vitorioso És” cause na nossa nação e na nossas igrejas do brasil o que ela gerou na minha igreja local. Às vezes algumas músicas acabam sendo testadas na minha igreja antes de ser lançadas, que foi o caso desta, e desde a primeira vez que cantamos foi um momento muito especial, cheio da presença de Deus. Eu acho demais porque essa música tem uma letra muito forte de proclamação, declaração da grandeza de Deus e de luta contra o inferno e realmente ela fala “o inferno não vai nos impedir de adoraremos” e a igreja vem com muita autoridade, então eu creio e espero que isso aconteça nas igrejas da nossa nação.

Você se tornou uma grande referência para os jovens cristãos brasileiros. Como você lida com isso e como usa a música para impacta-los com a mensagem do evangelho?

A primeira coisa que vem na minha cabeça é a palavra: responsabilidade! Deus te levantou mas não é para a sua glória mas sim pra você, de alguma forma, ser benção na vida das pessoas e levarem elas até Jesus. Então a responsabilidade é fazer tudo o que Ele espera de mim para que as pessoas sejam abençoadas e tocadas através da minha vida e do meu relacionamento com Deus. E também por outro lado é uma honra gigantesca, assim sabe, eu sei que Deus realmente me escolheu pra ter essa responsabilidade, essa função, então pra mim é um motivo de grande honra e responsabilidade.

Música Notícias Onimusic

Isaías Saad – Enche-me

julho 23, 2019
Imagem
Isaías libera o primeiro single de seu DVD que conta com a participação de Gabriela Rocha 

Gravado na noite do dia 5 de junho na Igreja Bola de Neve em São Paulo, a canção, que retrata a adoração realizada no antigo testamento inspirado na passagem bíblica de Romanos 12:1, traz uma mensagem de entrega e adoração. O lançamento conta com a participação da Gabriela Rocha, que soltou a voz  e improvisou um espontâneo no meio da canção que levou cerca de 2 mil pessoas a uma adoração profunda e palpável.

“Toda vez que ouço esse espontâneo eu sinto a presença de Jesus! Decidimos não regravar nada no estúdio para que tudo aquilo que foi captado no dia, seja transmitido com o máximo de verdade”, relata Isaías. 

“Enche-me” é o primeiro lançamento do DVD de Isaías, que teve a direção de vídeo comandado por Flauzilino Júnior e toda sua equipe, além de Hananiel Eduardo na produção musical. O projeto que é composto por 6 canções inéditas e autorais conta com, além de Gabriela, Luma Elpidio, Isadora Pompeo e Ludi no backing vocal. 

Enquanto Isaías não libera as próximas datas de lançamento, assista ao videoclipe de “Enche-me”: 

Música Notícias Onimusic

No dia mundial do Rock no Brasil, PG fala sobre adoração, rock and roll e muita história

julho 13, 2019
Imagem
“A adoração não é um estilo de música, é uma atitude sincera do coração do homem para com Deus”.

 

O dia 13 de julho é reconhecido no Brasil como o Dia Mundial do Rock. A data que celebra anualmente o estilo musical foi escolhida após o megaevento chamado Live Aid, que aconteceu em 13 de julho de 1985 nos EUA. Mediante a essa data comemorativa, trouxemos uma entrevista com o cantor PG para falar sobre rock e adoração. Então puxe sua cadeira, sente-se a mesa e venha para essa conversa com o ministro:

Nos conte um pouco da sua história e como tudo começou. 

Tudo começou quando eu era muito novo, com dois anos de idade eu já amava música. Minha mãe cantava no coro da igreja, dois tios meus foram musicistas profissionais por anos e então eu cresci com tudo isso ao meu redor. Aos 6 anos eu comecei a entender melhor todo esse ritmo de vida e meu primeiro disco de rock foi o dos The Beatles. 

Eu não era cristão protestante na época, então o rock que eu comecei ouvindo foi The Beatles, Led Zeppelin, Guns N’ Roses e por aí foi até que em 1993, quando eu aceitei a cristo como Senhor e Salvador, comecei a descobri uma gama de bandas e cantores da música gospel cristã mundial e nacional; desde então me apaixonei de vez.

Eu já amava o rock and roll e quando conheci bandas cristãs eu pensei: uau, isso é possível! Foi maravilhoso! 

Nessa época eu conheci Stryper, Petra, Bride… nossa, me falha a memória agora tantas outras bandas, mas tem Fighter, Mortification, todas internacionais, já as brasileiras tinham Rebanhão no pop rock, o próprio Prother Simion, Resgate, Oficina G3 que estava no início de tudo, Atos 2 e tantas outras bandas que passaram. Tudo começou em 93 e já  faz 26 anos que venho falando de Jesus no rock.

Quais foram os maiores desafios que você enfrentou em sua caminhada?

Eu acho que a maior dificuldade que enfrentamos no brasil, como músicos, é você conseguir viver dela. São muitos estudos dentro de casa, como seu instrumento, a arte da música, a postura… São muitas coisas e as pessoas acham que é só compor uma música e sair tocando. 

Hoje a gente vê muito isso na internet né, com o mundo digital, mas não é bem assim. Na verdade as pessoas, por mais que elas postem coisas na internet, elas tem que ter um tempo de capacitação e de estudo, sabe? Pra nós conseguirmos ter um instabilidade é preciso mostrar para o mercado e para todos aqueles que querem ouvir uma música sua, que você está produzindo algo de qualidade. 

Todo mundo ama música, quer ouvir música e consomem muita música mas na hora de prestigiar, pagar para um evento, um show, um projeto ou comprando um CD, as vezes as pessoas tem um pouco de dificuldade em entender isso, que ser músico é uma profissão e muito árdua além de gerar custos altos para produções. Então assim, é provar dia após dia de que o que você faz é profissional e que a maior parte do tempo que você gasta é onde as pessoas não veem. As pessoas veem aqueles cinco minutos de música, duas horas de culto, de show, de apresentação, mas onde você mais gasta tempo não é mostrado. Acho que o mais difícil é isso!

Quando você começou a cantar o gênero “rock”, como a igreja recebeu o rock cristão? 

Então, quando eu entrei na igreja eu já curtia rock and roll. Pra mim o rock era uma coisa que andava comigo, não tinha como desvencilhar isso. Eu aceitei a Jesus inclusive em um culto em uma igreja de São Paulo, em fevereiro de 1993, onde estava tocando bandas de rock e de blues, um outro gênero musical que eu sempre amei. Após me converter eu fiquei um ano mergulhado em estudos bíblicos para conhecendo a palavra e quando eu comecei a acompanhar algumas bandas e amigos na igreja, ajudando como músico substituto, eu me espantei com pessoas que ainda, naquela época, me desculpa pela palavra, demonizavam o rock e falavam que era do diabo. Eu pensava: poxa mas, eu sempre gostei de rock e agora eu entendi que o estilo de música não pode taxar uma pessoa de ser crente ou não!

Isso foi passando, até que um dia Deus me deu uma frase muito interessante que fala assim: a adoração não é um estilo de música, é uma atitude sincera do coração do homem para com Deus.

Essa frase é minha, Deus me deu e no meu primeiro CD solo chamado “Adoração”, que eu lancei em 2004, as pessoas se chocaram achando que eu havia mudado o estilo de música. Quando elas ouviram o CD, que era rock pesado, na mesma vibe que eu fazia na época com o Oficina G3, elas se assustavam. Algumas pessoas amaram aquilo e outras detestaram. Durante esse tempo eu era convidado para tocar em igrejas que as pessoas achavam que eu iria cantar músicas baladinha ou diferentes do meu estilo, até que eu comecei a explicar que adoração não era um estilo de música, mas uma atitude de vida. 

Fale sobre o rock e a adoração. Como juntar as duas coisas?

A adoração é uma atitude que você tem todos os dias sendo cristão porque nós adoramos a Deus com os nossos atos. Quantas vezes nós ouvimos na igreja: agora vamos adorar a Deus com nossos dízimos, nosso louvor, ouvindo a palavra… Então, adoração não é um momento da vida, do culto, da música. Adoração é atitude de vida e a gente gosta de estilos musicais. Alguns gostam de pagode, samba, forró, e isso não tem problema desde que o que você faz não denigra o nome de Cristo. Por exemplo: eu amo rock mas não preciso estar drogado ou falar palavrões para curtir esse estilo, porque isso não é a essência do rock. As pessoas usam dos estilos musicais para terem atitudes erradas e deixarem com que aquele estilo leve a fama ruim. Mas quem dá a fama para o estilo são as pessoas, o estilo não tem fama em sua essência. Estilo de música não salva ninguém, quem salva é cristo e isso é uma atitude que você tem que tomar para mudar de vida! 

Fazendo uma reprise de tudo o que você viveu com o rock cristão, o que você acha que mudou do início de sua caminhada para agora?

Nossa, tantas coisas mudam né?! Até a forma de consumir música hoje mudou!

Acho que 5% das pessoas ainda consomem o CD, eu particularmente faço CD porque eu gosto que as pessoas tenham essa oportunidade de ter aquilo fisicamente para ler as músicas, saber quais músicos estão tocando ali, a arte gráfica e etc. Mas fora isso a tecnologia ajudou muito, hoje nós vemos estúdios, na grande maioria são home estúdios, onde você tem uma qualidade incrível de gravação e essa modernidade ajudou demais. Me lembro que na época, quando começamos, queríamos fazer algumas fotos legais e isso custava uma grana absurda para comprar uma máquina e pagar alguém para tirar. Já hoje nós temos máquinas fantásticas com preços em conta, os próprios celulares né, já ajudam muito. Esse tipo de situação mudou muito e ajudou bastante também.

Nos conte sobre seu novo projeto.

Eu estou com um novo CD que acabei de lançar pela OniMusic inclusive. Saiu tem dois meses, está muito neném ainda. Foi lançado no dia 01 de maio e a gente está curtindo ainda esse momento, recebendo feedback e etc… 

O CD já tem doi singles, um saiu antes do CD, que é a canção “Isaías 9” que fala sobre o texto do profeta Isaías, da vinda de Jesus o Rei dos reis e Senhor dos senhores. Vale a pena conferir, tem um lyric vídeo no meu canal do Youtube. E no dia que saiu o CD a canção “Adorai Somente a Deus” saiu, que é um rock pesado, relembrando minhas origens.

Esse CD é bem rock and roll e ele vem mostrar esse lado PG do início da carreira e de como tudo começou. E nós estamos trabalhando, pretendemos lançar pelo ao menos mais dois clipes que são de duas músicas muito pedidas. Graças a Deus os eventos estão aparecendo, os projetos estão surgindo e o CD está sendo muito bem comentado. Eu fico muito feliz com isso, esperançoso com aquilo que Deus tem feito e irá fazer por meio desse projeto chamado “Eternidade”. 

Sua filha está começando a traçar o mesmo caminho que você. Ela também gosta de rock e quer seguir os mesmos passos que o pai? 

A minha filha ama arte e a música é uma vertente, um braço da arte dela. Desde de muito pequena, com um aninho ela já cantava as musiquinhas que ela gostava dos desenhos e era impressionante como ela tinha uma ótima dicção pra idade dela. 

A Hadassa cresceu nesse meio né, quando eu ia viajar ela ia junto, a Rosana viajou comigo por um tempo também, era muito bom! Mas minha filha ama musical de televisão e de teatro, nós já fomos em vários juntos. Já o rock ela é apaixonada também, rock and roll, pop rock são alguns dos sons que ela gosta de ouvir. Ela sempre canta com a gente um monte de coisas, eu vou ouvindo e mostrando pra ela as canções, é muito legal. 

Agora ela está desabrochando nessa área musical. Já foram doi musicais no qual ela participou e agora ela foi convidada para fazer um musical da Jeová Nissi que fica em cartaz até Agosto.

Além desse que ela está participando, tem um novo musical que chama “Hadassa o Musical”, mas que não tem nada a ver com ela, mas sim com a rainha Ester. Nós estamos aqui felizes e orando porque esse é um projeto profissional mas acima de tudo evangelístico, então eu estou muito feliz.

Qual mensagem você deixa para a igreja hoje? 

Acho que a melhor mensagem que eu poderia deixar para a igreja é deixar essa mensagem pra mim, porque eu sou a igreja!

Que nós possamos ser igreja de verdade com aqueles que não conhecem a Cristo, sermos aqueles que levam a rede, a vara de pesca para mostrar para as pessoas o alimento, ou seja, mostrarmos Cisto para as pessoas, o grande pão da vida, aquele que dá a água que a gente nunca mais sente sede. Precisamos aceitar as pessoas, não seus erros, mas as pessoas. Levando a verdade que é a palavra de Deus, mas como igreja, amando respeitando e mostrando o amor que Cristo sente por nós e sentiu naquela cruz ao fazer tudo por amor. Ele não morreu por obrigação, nem para mostrar que Ele era Rei, Jesus não precisava provar quem Ele era, Ele queria que nós entendêssemos o porque Ele veio na terra e morreu naquela cruz. Ele fez isso para salvar eu e você!

E para comemorar o dia do rock, assista ao clipe Adorai Somente a Deus:

 

Música Notícias Onimusic

Diante do Trono – Levanto Um Aleluia

julho 2, 2019
Imagem
“Diante do Trono volta com tudo”, diz internautas ao ouvir o primeiro single do álbum DT19 

Gravado no dia 19 de abril, durante o congresso Equipando os Santos, na Igreja Batista da Lagoinha em Belo Horizonte/MG, a canção contou mais uma vez com a direção de vídeo do diretor Alex Passos, que surpreendeu a todos ao trazer para o clipe novos ângulos da tão querida igreja, onde o ministério Diante do Trono nasceu nos anos 90. 

O primeiro single do 19º álbum do DT, intitulado “Outra Vez”, é a versão em português da canção Heise a Hallelujah da Bethel Music. “Levanto Um Aleluia” contou com a participação do Isaias Saad, que relatou em suas redes sociais:

“eu não sei explicar o que estou sentindo, que honra pode fazer parte de tudo isso! Ana Paula Valadão é uma mãe para mim e para minha geração, sou extremamente grato”. 

A canção foi muito bem recebida pelo público, que comentou em uma de nossas postagens como o Fábio Caldeira: “o DT voltou com tudo, esse louvor está muito lindo. Glória a Deus!”. O álbum completo ainda não tem data de lançamento prevista, mas enquanto isso o single já está liberado no canal do Youtube e em todas as plataformas digitais.