Youtube Deezer Spotify Google Play
O casal Ana Rock e Tiago Andrade, cantores e idealizadores do Palankin – um ministério que propaga o evangelho a partir de uma perspectiva mais artística, está lançando o seu primeiro álbum, nas plataformas digitais, cujo título corresponde ao nome do ministério. “Cada música é um reflexo e extensão de quem somos. Elas carregam uma história de composição por trás. O CD tem canções extremamente diferentes, como ‘Bonecos de Plástico’ e ‘Vaidade’, onde ambas nascem de um questionamento pessoal e desabafo, mas também possui canções congregacionais, como ‘Selo’, ‘Pulsante’ e ‘Sobre Tudo’”, enfatiza Ana Rock.
Das 5 faixas que compõem o CD, 4 são de autoria de Ana e Tiago, todas na pegada do Rock, que é o estilo musical do Palankin. O clipe da canção “Pulsante” foi lançado em novembro e alcançou mais de 80 mil visualizações no facebook logo na primeira semana de lançamento. Segundo Ana Rock, o clipe “pretende mostrar o processo de andar e reconhecer Deus nesse caminhar. O processo de se deixar ser quebrado e refeito, vez após vez. Pretende abrir os olhos para algo que talvez as pessoas não percebam, mesmo estando escrito em Sua Palavra”.
Sobre as composições, a cantora diz que o processo geralmente é rápido, o que não aconteceu com “Pulsante”, escrita durante 2 anos e meio. “Ela começou a ser escrita quando eu estava longe de casa, sem meu marido (que na época era meu namorado) e minha família por perto, e fui terminá-la quando havia perdido tudo o que eu achava que tinha e que me apegava. Ele literalmente chacoalhou tudo ao meu redor para chacoalhar tudo em meu coração, retirando todos os falsos confortos que tanto me apoiava. No final, a revelação de adoração e devoção foram traduzidas em palavras e notas musicais nessa canção”.Sobre Ana Rock e Tiago Andrade

Ana sempre foi apaixonada por arte, e fascinada pela forma como ela por si só tem poder de influenciar e transformer a sociedade – quer para o bem ou mal. Nascida em berço cristão, conheceu os valores preciosos do evangelho desde cedo e começou a cantar em igrejas com apenas 5 anos de idade e mais tarde, nas ruas de São Paulo. Ela acredita que foi conhecer Jesus de uma forma mais profunda aos 19 anos quando foi estudar Bíblia em um seminário integral nos EUA. Ao voltar para o Brasil, fez faculdade com foco em criação, pois desde pequena já havia manifestado seu amor por música e arte em geral. Aprendeu a ver e ouvir Deus em diversas maneiras de expressão artística.
Tiago nasceu e cresceu em um lar cristão, e demostra um interesse intenso por artes. “Acredito que a música é uma forma de conectar as pessoas com Cristo e auxilia no desenvolvimento espiritual”. Começou o seu contato com a música tocando na Igreja que seus pais pastoreavam, em São José dos Campos. Além de ser administrador, estudou no instituto Canzion SP, Conservatório e Faculdade Souza Lima & Berkleey.

Sobre o ministério Palankin

Palankin acredita que a arte é uma forma de Deus se revelar aos Seus filhos de maneira única, e é aí mesmo que eles jogam sementes. O significado do nome da banda Palankin é uma cadeira feita no oriente médio que era utilizada a princípio para carregar os doentes, mas aos poucos tornou-se o transporte de pessoas mais influentes da sociedade, como a realeza, para lugares de seu interesse. Ana Rock e Tiago entendem que o Palankin carrega o Rei onde Ele deseja ir.
“Que seja para um passeio, reunião ou para carregar um doente ao Médico. Entendemos que temos essa missão como casal”.

Fonte: Blog Cristão Notícias.

Discografia