Cadastre-se na Oni News Assine nosso RSS

Judson Oliveira - De Volta Pra Casa

De Volta Pra Casa
  • Ele Vem
  • Eu me Alegrarei
  • Sacode Este Lugar
  • Terra Seca
  • Santo
  • Há dor nos Céus
  • Coração do Pai
  • Incendeia
  • De Volta Pra Casa
  • Esconda-me
  • Ele é o Senhor

Release

Cd de Volta Pra Casa – Judson Oliveira

Gravado ao vivo, nos dias 03 e 04 de junho de 2011, no Teatro Municipal de Nova Lima, em Minas Gerais, “De Volta Pra Casa”, do Pr. Judson OLiveira, contém 12 canções e um espontâneo, sendo a maioria delas inéditas e algumas regravações de CDs anteriores como “Ele Vem”, “Terra Seca” e “Esconda-me”. A produção é de Gustavo Soares (Emusic) e a direção executiva de Nelson Tristão (Onimusic). As participações especiais ficam por conta de Christie Tristão e Nívea Soares.

Para Judson Oliveira “três coisas derrubam os gigantes que afrontam o Brasil, as nossas famílias e os nossos filhos: Intimidade com Deus, Paixão por Jesus e fogo do Espírito santo”.

A mensagem central do cd “De Volta Pra Casa” versa sobre um novo tempo, um tempo de retorno para a casa do Pai.

 

Canção “De Volta Pra Casa” – Toque e cante com o Pr. Judson Oliveira 

Eu não me esqueci o dia em que deixei a casa do Pai / Deixei meu orgulho sufocar meu amor / tentei escrever a minha história / hoje estou aqui tenho saudades do meu Pai / Será que Ele ainda se lembra de mim? (2x) / filho tua cama esta pronta, teu anel preparado / Teu novilho guardado, tuas sandálias Eu já preparei / Tuas vestes lavei só falta agora você (2x) / Eu vou dançar, eu vou bailar / eu vou dizer pra todo mundo / que meu filho vivo está (2x) / Pai pequei contra ti / Pai não sou digno de estar perto de ti (2x) Eu vou dançar, eu vou bailar / Meu filho vivo está, meu filho vivo está

 

Para comprar o Cd De Volta Pra Casa de Judson Oliveiraclique Aqui

Compras no atacado aqui

 

  

Análise

Análise Super Gospel

De Volta pra Casa é o título do novo álbum de Judson Oliveira. O disco foi gravado ao vivo, no Teatro Municipal de Nova Lima, em junho deste ano e lançado em setembro durante a Expocristã. A mensagem central do trabalho é sobre um novo tempo, de retorno dos pródigos para a casa do Pai. 

Estiveram presentes, além da família, lideranças cristãs da IBC, autoridades de Nova Lima, como o Vice-prefeito, Jaconias Gomes de Souza, a comunidade cristã da cidade, caravanas de norte a sul do país e amigos como, Ricardo Robortella, do ministério Clamor pelas Nações e Sóstenes Mendes. 

Esse novo trabalho de Judson está com uma cara bem jovem. O repertório possui 13 faixas, sendo 8 canções inéditas, 4 regravações e uma versão. A direção geral é de Nelson Tristão e a produção musical de Gustavo Soares, do estúdio e-music. Na banda, as participações de Rômulo Lima, filho de Judson, no Cajon, e do próprio Gustavo, nos teclados. 

As participações especiais ficaram por conta de Christie Tristão, Nívea Soares e pastores Antônio Cirilo, Paulo Cruz e Thomas Padley (sogro de Judson), que ministraram a Palavra.

O cenário utilizado, marcado pela simplicidade, atendeu perfeitamente o conceito de gravação orgânica idealizado pelos organizadores do evento. A técnica foi estática do elástico com fundo preto. 

Bruno Campos, artista cênico do evento, diz que este recurso é muito utilizado quando se deseja quebrar um pouco o movimento do palco reduzindo o número de informação aos olhos dos presentes. “O iluminador quebra a forma estática com o movimento de luz conferindo mais ênfase ao conteúdo principal, neste caso, à mensagem musical proposta”. O resultado de tudo foi um cenário aconchegante e de extremo bom gosto. 

As fotos são de Marcus Castro e o projeto gráfico é assinado pela Imaginar Design. A distribuição ficou sob responsabilidade da Onimusic. 

A gravação tem início com as versões repaginadas de Ele vem e Eu me alegrarei. Gustavo Soares caprichou na pegada dos arranjos que são dinâmicos, ritmados e recheados de guitarras. Destaque para a interatividade do publicou que cantou e dançou com o cantor desde as primeiras notas. 

Na seqüência temos um louvor Espontâneo onde Judson traz uma mensagem confrontante e reflexiva que possui uma contextualização sobre a nossa realidade e a narrativa bíblica de Davi e Golias. 

Um dos pontos altos da gravação é o swing de Sacode este lugar. Destaque para o groove do baixista e para as coberturas de teclado com rhodes e órgão. O louvor é uma canção espontânea que surgiu na sexta-feira (primeiro dia de gravação) com um refrão que convida o Senhor: “Vem, sacode este lugar”. Além da mensagem que é atrair Deus pra fazer uma reviravolta em nosso meio e acabar com a apatia entre os cristãos. 

A seguir ele trás uma rápida Palavra sobre restauração para todo o público presente. Vale a pena ouvir e refletir. 

Seguindo o repertório de canções antigas com uma nova roupagem, ouvimos a balada que fez parte de seu disco anterior – Graça. Terra seca é uma oração cantada, que trata sobre a necessidade da presença de Deus em nossa vida, refrigério que devemos buscas todos os dias. “Senhor minha oração se tornou sequidão, se tornou um deserto. Até minha adoração já não passa de canções e palavras repetidas.” Entenderam? 

Nívea interpreta Santo, versão da canção “Holy”, de Matt Gilman. Momentos de pura intimidade e adoração. Destaque para a condução harmônica do teclado, para as coberturas do naipe de cordas e para a dinâmica do instrumental. 

Outra canção que impactou a todos foi Há dor nos céus que profetiza que em breve virá uma nova onda de avivamento. Judson versa que todo avivamento é precedido de uma virada de mesa tal como Jesus fez no templo quando expulsou os cambistas. Destaque para o arranjo que é denso e para as intervenções melódicas com timbre de flauta. 

Mantendo a gravação neste clima de adoração e intimidade, temos Coração do Pai e Incendeia que são conduzidas pelo violão. A primeira é coberta pelas cordas e a segunda conta com o peso da banda no turn around final. 

A emoção tomou conta de todos, levando muitos às lágrimas quando Judson cantou a música tema, De volta para casa, que foi também foi ministrada pelo grupo “Profetas da Dança”. Como o próprio nome já diz, a canção é alusiva a parábola encontrada em Lucas 15. Mais uma vez destaque para as intervenções melódicas com timbre de flauta. Eu, particularmente, gosto muito desse efeito. 

Chris, acompanhada pela platéia, cantou a envolvente “Esconda-me”, uma belíssima canção de Judson que foi gravada originalmente em “Completamente Apaixonado”, primeiro disco dele. 

A gravação termina com Ele é o Senhor que disserta sobre as palavras de Paulo registradas em Filipenses 2, fazendo alusão a eternidade, nossa bendita esperança. “Glória ao Cordeiro!”. Destaque para o solo de guitarra no meio da canção. 

O CD “De Volta Pra Casa” já está à venda nas lojas de todo o Brasil. O DVD chega em breve às lojas de todo o Brasil. Agora é só esperar para apreciar e ver o que Deus vai fazer através desse trabalho que tem o objetivo de impactar e resgatar os que estão afastados do Pai, fora e dentro da Igreja do Senhor. 

Confira um pouco do que vem por aí no DVD “De Volta Pra Casa”. Assista abaixo o trailer do primeiro DVD de Judson Oliveira. 

 

Fonte: SuperGospel 



Newsletter

Receba em seu email novidades sobre a gravadora e nossos ministros associados.