Cadastre-se na Oni News Assine nosso RSS

Nívea Soares - Emanuel

Emanuel
  • Aleluia
  • Em Ti
  • Emanuel
  • Eu Tenho Fome
  • Graça
  • Meu Tesouro
  • Minha Habitação
  • Pra Sempre
  • Rei da Glória
  • Todo Olho o Verá
  • Tua Presença Me Satisfaz
  • Velha Canção

Release

Com treze canções totalmente inéditas (a 13ª é um bônus track para baixar via download para quem adquirir a midia fisica ) chega às lojas de todo o Brasil o tão esperado CD “Emanuel” de Nívea Soares. Gravado por Gustavo Soares, no estúdio e-music, em Belo Horizonte, o novo Cd de Nívea pode ser considerado o trabalho mais bem produzido de sua vida ministerial, tanto em termos de composições, como em qualidade técnica musical. Em termos de arranjos, “Emanuel” é um pop-rock com muitas músicas congregacionais, especialmente feitas para serem tocadas em todas as igrejas.

Por ser um cd feito todo em estúdio, tem o diferencial de uma produção mais complexa e contemporânea e ao mesmo tempo congregacional, onde se alinham e harmonizam pianos, cordas reais e riffs de guitarras marcantes. Mesmo com toda tecnologia de gravação a simplicidade marcada por músicas compostas em meio a adversidades, regadas pela presença de Deus, com certeza tocarão a igreja do Senhor no Brasil.

Nívea Soares canta Emanuel

 


Ficha Técnica

Formato: Cd
Título: Emanuel
Ministério: Nívea Soares
Ano: 2010
Gênero: Louvor e Adoração
Estilo Musical: Pop Rock Congregacional
Procedência: Nacional
Gravadora/Distribuidora: Onimusic


Análise

Análise do CD Emanuel - Nívea Soares

Com produção de Gustavo Soares, Emanuel é o sexto álbum da carreira de Nívea Soares. São 12 canções que buscam mostrar que Deus é constante e presente em nossas vidas – inclusive em meio às adversidades.

Creio que esse é, sem sombra de dúvida, o melhor trabalho da carreira de Nívea, tanto nas letras das músicas quanto na qualidade técnica e musical. Um disco de canções inéditas no estilo pop-rock com foco congregacional, ou seja, músicas especialmente feitas para serem tocadas em todas as igrejas.

É importante salientar que esse trabalho, por ter sido feito em estúdio, exigiu uma produção mais complexa. Nesse cd, por causa do foco congregacional, pianos, cordas, guitarras e a mais alta tecnologia em gravação, se unem com aquela característica das canções do gospel nacional: elas são compostas em meio aos problemas. Essa união, com certeza, toca a igreja brasileira.

Inicialmente temos Pra sempre. Versa a eternidade do reino de Deus. Dele é o governo e todo o domínio. Que a luz de Deus brilhe em nós, renovando nossa visão. Que sua voz soe, firmando nossos pés. Que o grandioso amor dele atraia os nossos corações. Nosso desejo é de entronizá-lo e adorá-lo. Um pop-rock genuíno com belíssimos riffs de guitarra.

Todas as coisas permanecem em Jesus. “Minha vida está firmada Em ti”. Nossa próxima canção fala de nosso Deus, que nos tirou do império das trevas e nos transportou pra o reino de Jesus, o seu filho. Em Jesus temos a redenção, o perdão dos nossos pecados e recebemos reconciliação. Rendemos-nos diante de Deus, o Senhor de toda a igreja.

Tenho fome fala da importância de termos fome, de estarmos sedentos e queimarmos de amor, como nos primeiros dias, como em nosso primeiro amor. E não podemos parar de clamar por isso, pois sabemos que Deus tem mais para nos dar. Nosso clamor é que o Espírito Santo venha sobre nós e nos encha. Bela condução do violão no início da canção. No coro, dueto com Roberta Lima, do Grupo Ellas.

O piano e as cordas conduzem maravilhosamente Tua presença satisfaz. A canção fala que Deus é o mesmo, ontem hoje e sempre. Seu amor é fiel, independente das circunstâncias. A Terra toda pode se abalar, mas seu amor ficará. Toda a história está nas mãos dele. Mais uma vez, parceria com Roberta Lima.

A canção-título Emanuel fala sobre aquele que está ao nosso lado, sempre perto, mesmo em meio à dor. Aquele que está na bonança, na tempestade, enfim... Em todo o tempo o Emanuel, Deus conosco, está perto de nós. Ele é o Rei que humilde, se esvaziou, se tornou pobre, se entregou como um cordeiro, mas foi exaltado por Deus. Mesmo quando as lutas, a angústia, o medo e a incerteza vêm sobre nós, sua mão e seu amor vêm de encontro a nós.

Seguimos com Minha habitação, que mostra Deus como nosso refúgio, nossa habitação, a rocha mais alta que nós. Quando estamos no vale da sombra e da morte, ele nos cobre com suas asas e nos livra dos laços do inimigo, pois ele é o nosso pastor, e nada nos falta. Em Jesus confiamos, pois ele é socorro presente. Mais um belo pop-rock bem do estilo de Nívea Soares.

Outra bela canção é Meu tesouro. Jesus é o nosso tesouro, a nossa alegria. O sangue dele nos transformou. Seu amor é grande – “amor maior nunca conheci” - e profundo, ao ponto de se dizer “Me satisfaz um relance do teu amor”. Nele há paz e descanso. A melhor coisa do mundo é sermos habitação de Deus.

Graça é o favor imerecido. Nós não merecíamos receber a graça de Deus. Graça esta que fez com que Jesus padecesse por nós, suportando a cruz, mas ressuscitando e nos concedendo vida. Somos tão pequenos e não temos como dar nada para retribuir, pois tudo é de Deus. Só nos resta a pedir pra que Deus nos use como vasos e se mostre em nós.

Riffs de guitarra antecedem a canção Todo olho verá, que, em minha opinião, é a melhor canção do repertório, quanto à música. Versa sobre os últimos dias, com base em Lucas 21 e Mateus 24. Muitos enganarão os homens, a iniquidade se verá, mas todo o joelho se dobrará quando vir o filho do homem. Salienta-se a participação do Grupo Ellas no coro da canção e de Chris Durán e do Ministério Fluir nos efeitos do final da canção.

Continuamos como Rei da glória, que fala do Rei da glória que virá para tomar da Terra todos aqueles que são seus. O choro e a dor terá fim, a morte acabará e nosso corpo será glorificado, para a sua glória. Que se levantem as portas e portais para que o Rei da Glória, Jesus, entre. Maranata! Ora, vem, Senhor Jesus!

“Existe uma Velha canção que o teu coração anseia ouvir”. Essa canção se baseia no trecho de 2º Crônicas: “Se o meu povo que se chama por mim, se humilhar e, orando, se arrepender, eu ouvirei dos céus, perdoarei e sararei a sua terra”. Pela primeira vez em toda a minha vida ouvi a frase “Quero reconhecer que tu és Deus e eu não”. Quando quebrarmos o nosso orgulho e nos humilharmos, Deus sarará nossas cidades, nossos estados, nosso país.

Finalizamos com Aleluia. Uma simples canção de adoração, que busca exaltar o nosso Senhor, exaltando-o, entronizando e engrandecendo-o. Glórias ao nome de Deus!

Sem dúvida, um dos melhores trabalhos do ano de 2010. E mostra, acima de tudo, o maravilhoso nível em que está Nívea Soares.

Fonte: Site Super Gospel



Newsletter

Receba em seu email novidades sobre a gravadora e nossos ministros associados.